Madrigal

Madrigal
"Para os amantes do puro néctar da existência,
que são as palavras, melodias, a oração que eleva o espírito."

Marcos Pedini

sábado, 8 de janeiro de 2011

Memórias

Vagam minhas memórias, soltas
nos caminhos ,a desfrutar do vento
e ao desfolhar das árvores
cansadas... derreadas sobre os muros
de tijolos carcomidos.
Vagam minhas memórias,
alheias ao passante inexpressivo
e ao pássaro inesperado em busca
do ninho perdido.
Memórias que vagueiam, onde acharão
o fio que conduz à harmonia
no frio silêncio dessa poesia... 

Mariza Alencastro
(£una)

Um comentário:

Mara disse...

Boa noite, amiga Luna!
Gosto muito de tudo que encontro por aqui.
Parabéns pelas belas composições poéticas.
beijos,
Mara